2 de janeiro de 2013

39.


Nunca pensei que um batimento mudasse
Com um retrato.
Senti como se fosse o primeiro dia,
Onde simplesmente perdi forças.

Dou por mim sozinha a sentir um toque
Leve, mas ao mesmo tempo inesquecível,
Um sussurro arrepiante e quente,
Que deixa uma lembrança que não apaga.

4 comentários:

  1. Uauuuu bea não conhecia estes teus dotes artísticos , estás de parabéns sem duvida continua .

    ResponderEliminar
  2. Obrigada Mana Maria :D Depois conto-te a historia deste poema.

    ResponderEliminar